Nível A de acessibilidade

From Basef
Jump to: navigation, search

1.1.1 Conteúdo Não Textual: Todo o conteúdo não textual que é apresentado ao utilizador tem uma alternativa textual que serve uma função equivalente, exceto nas situações indicadas abaixo. (Nível A)


1.2.1 Conteúdo só de áudio e só de vídeo (pré-gravado): Para conteúdo de tipo média composto só de áudio |pré-gravado e só vídeo |pré-gravado, são aplicáveis as seguintes regras, exceto quando o áudio ou o vídeo é um conteúdo multimédia alternativo ao conteúdo textual e está assim claramente identificado como tal (Nível A).

  • Só áudio pré-gravado: É fornecida uma versão alternativa em multimédia dinâmica, que apresenta informação equivalente para o conteúdo composto só de áudio pré-gravado.
  • Só vídeo pré-gravado: É fornecida uma versão alternativa em multimédia dinâmica ou uma pista de áudio, que apresenta informação equivalente para o conteúdo só de vídeo pré-gravado.


1.2.2 Legendas (pré-gravadas): São fornecidas legendas para todo o conteúdo áudio |pré-gravado presente no conteúdo multimédia sincronizado, exceto quando o conteúdo multimédia for um alternativo ao texto, apresentando-se assim claramente identificado como tal. (Nível A)


1.2.3 Audiodescrição ou Alternativa em Multimédia (pré-gravada): É fornecida audiodescrição ou uma alternativa em multimédia dinâmica para o conteúdo vídeo | pré-gravado presente no conteúdo multimédia sincronizado, exceto quando o conteúdo multimédia for uma alternativa ao texto, apresentando-se assim claramente identificado como tal. (Nível A)


1.3.1 Informações e Relações: As informações, a estrutura e as relações transmitidas através de apresentação podem ser determinadas de forma programática ou estão disponíveis no texto. (Nível A)


1.3.2 Sequência com Significado: Quando a sequência na qual o conteúdo é apresentado afeta o seu significado, uma sequência de leitura correta pode ser determinada de forma programática. (Nível A)


1.3.3 Características Sensoriais: As instruções fornecidas para compreender e utilizar o conteúdo não dependem somente das características de perceção sensorial dos componentes, tais como forma, tamanho, localização visual, orientação ou som. (Nível A)


1.4.1 Utilização da Cor: A cor não é utilizada como o único meio visual de transmitir informações, indicar uma ação, pedir uma resposta ou distinguir um elemento visual. (Nível A)


1.4.2 Controlo de Áudio: Se um som numa página Web tocar automaticamente durante mais de 3 segundos, deve estar disponível um mecanismo para colocar o som em pausa, pará-lo, ou controlar o volume de forma independente do nível do volume global do sistema. (Nível A)


2.1.1 Teclado: Todas as funcionalidades do conteúdo são operáveis através de uma interface de teclado sem a necessidade de qualquer espaço de tempo entre cada digitação individual, exceto quando a função subjacente requer inserção de dados que dependa da cadeia de movimento do utilizador e não apenas dos pontos finais. (Nível A)


2.1.2 Sem Bloqueio do Teclado: Se o foco do teclado puder ser movido para um componente da página utilizando uma interface de teclado, então o foco pode ser retirado desse componente utilizando apenas uma interface de teclado e, se for necessário mais do que as setas de cursor ou tabulação ou outros métodos de saída, o utilizador deve ser aconselhado sobre o método a utilizar para retirar o foco. (Nível A)


2.2.1 Tempo Ajustável: Para cada limite de tempo definido pelo conteúdo, no mínimo, uma das seguintes afirmações é verdadeira: (Nível A)

  • Desligar: O utilizador pode desligar o limite de tempo antes de o atingir; ou
  • Ajustar: O utilizador pode ajustar o limite de tempo antes de o atingir, num intervalo de, pelo menos, dez vezes a duração pré-definida; ou
  • Prolongar: O utilizador é avisado antes de o tempo expirar e tem, no mínimo, 20 segundos para prolongar o limite de tempo com uma simples ação (por exemplo, "pressionar a barra de espaços") e o utilizador pode prolongar esse limite de tempo, pelo menos, dez vezes; ou
  • Exceção por ser Tempo Real: O limite de tempo é um requisito que faz parte de um evento em tempo real (por exemplo, um leilão) e não é possível apresentar qualquer alternativa ao limite de tempo; ou
  • Exceção por ser Essencial: O limite de tempo é essencial e prolongá-lo invalidaria a atividade; ou
  • Exceção de 20 Horas: O limite de tempo é superior a 20 horas.


2.2.2 Colocar em Pausa, Parar, Ocultar: Para informações em movimento, em modo intermitente, em deslocamento ou em atualização automática, todas as seguintes afirmações são verdadeiras: (Nível A)

  • Em movimento, em modo intermitente, em deslocamento: Para quaisquer informações em movimento, em modo intermitente ou em deslocamento que (1) sejam iniciadas automaticamente, (2) durem mais de cinco segundos e (3) sejam apresentadas em paralelo com outro conteúdo, existe um mecanismo para o utilizador colocar em pausa, parar ou ocultar as mesmas, a menos que o movimento, o modo intermitente ou o deslocamento façam parte de uma atividade, na qual sejam essenciais; e
  • Em atualização automática: Para quaisquer informações em atualização automática que (1) sejam iniciadas automaticamente e (2) sejam apresentadas em paralelo com outro conteúdo, existe um mecanismo para o utilizador colocar em pausa, parar ou ocultar as mesmas ou controlar a frequência da atualização, a menos que a atualização automática faça parte de uma atividade na qual é essencial.


2.3.1 Três Flashes ou Abaixo do Limite: As páginas Web não incluem qualquer conteúdo que produza mais de três flashes a cada segundo, ou o flash encontra-se abaixo dos limites de flash universal e flash vermelho. (Nível A)


2.4.1 Ignorar Blocos: Está disponível um mecanismo para ignorar blocos de conteúdo que são repetidos em várias páginas Web. (Nível A)


2.4.2 Página com Título: As páginas Web têm títulos que descrevem o tópico ou a finalidade. (Nível A)


2.4.3 Ordem do Foco: Se uma página Web puder ser navegada de forma sequencial e as sequências de navegação afetem o significado ou a operação, os componentes que podem ser focados recebem o foco de forma que o significado e a operabilidade sejam preservados. (Nível A)


2.4.4 Finalidade da Hiperligação (link): A finalidade de cada hiperligação pode ser determinada a partir apenas do texto da hiperligação ou a partir do texto da hiperligação juntamente com o respetivo contexto da hiperligação determinada de forma programática, exceto quando a finalidade da hiperligação for ambígua para os utilizadores em geral. (Nível A)


3.1.1 Idioma da Página: O idioma humano predefinido de cada página Web pode ser determinado de forma programática. (Nível A)


3.2.1 Ao receber o Foco: Quando um qualquer componente recebe o foco, o mesmo não provoca uma mudança de contexto. (Nível A)


3.2.2 Ao entrar num campo de edição (input): Alterar a definição de um componente da interface de utilizador não provoca, automaticamente, uma alteração de contexto, a menos que o utilizador tenha sido avisado sobre essa situação antes de utilizar o componente. (Nível A)


3.3.1 Identificação de Erros: Se um erro de inserção de dados for detetado de forma automática, o item que apresenta erro é identificado e o erro é descrito ao utilizador sob forma de texto. (Nível A)


3.3.2 Etiquetas ou Instruções: As etiquetas (form labels) ou instruções são fornecidas quando o conteúdo exigir a inserção de dados por parte do utilizador. (Nível A)


4.1.1 Análise sintática (parsing): Num conteúdo implementado através de uma linguagem de notação, os elementos têm etiquetas (form labels) (tags) completas de início e de fim, os elementos estão encaixados de acordo com as respetivas especificações, os elementos não contêm atributos duplicados e todos os IDs são exclusivos, exceto quando as especificações permitem estas caraterísticas. (Nível A)


4.1.2 Nome, Função, Valor (atributos name, role e value): Para todos os componentes da interface de utilizador (incluindo, mas não se limitando a: elementos de formulário, hiperligações (links) e componentes gerados por scripts), o nome (atributo name) e a função (atributo role) podem ser determinados de forma programática; os estados, as propriedades e os valores, que podem ser parametrizados pelo utilizador, podem ser definidos de forma programática; e a notificação das alterações a estes elementos está disponível para consulta pelos agentes de utilizador, incluindo as tecnologias de apoio. (Nível A)

  • Nota: Este critério de sucesso destina-se, essencialmente, a Autores da Web que desenvolvem ou programam os seus próprios componentes da interface. Por exemplo, os controles normalizados de HTML cumprem este critério de sucesso quando utilizados de acordo com a especificação.