Uso apropriado de asserções

From Basef
Jump to: navigation, search

Ao usar asserções no código Java, os seguintes cuidados devem ser tomados:

1) Não validar argumentos de um método publico - o código público será chamado de um código em que não se tem controle. Neste caso, as exceptions provavelmente serão uma melhor opção.

public void show(int n) {
    assert(n > 10); // Errado
    ...
}

2) Usar asserções para validar argumentos de método privado - o código privado é controlado, portanto, pode-se validar os argumentos

private void show(int n) {
    assert(n > 10); // OK
    ...
}

3) Não validar argumentos da linha de comando - Se encaixa na regra 1

public static void main(String[] args) {
    assert(args[0] > 10); // Errado
    ...
}

4) Usar asserções para argumentos de métodos públicos para verificar casos que, em hipótese alguma, deveriam acontecer - Para estes casos é permitido o uso de asserções.

public void divide(float divisor, float dividend) {
    assert(dividend > 0); // OK
    ...
}

5) Não usar asserções que alteram o estado do programa - O programa não pode se comportar de forma diferente se as asserções estiverem ou não ativadas

class Foo {
    int x = 0;
 
    public void doSomething() {
        assert(doMore()); // Errado
        ...
    }
 
    public void doMore() {
        x += 4;
    }
}

No código acima, o método doMore() não é executado se as asserções estiverem desativadas.